Primeiro workshop sobre pangasius em Araras


26/04/2017 18:29 | Da assessoria do deputado Sebastião Santos

Sebastião Santos fala em primeiro workshop<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-04-2017/fg201666.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Como coordenador da Frente Parlamentar em apoio da Atividade Pesqueira e da Aquicultura do Estado de São Paulo, Sebastião Santos (PRB) prestigiou o primeiro workshop sobre pangasius, realizado pelo Grupo de Estágios e Pesquisas em Monogástricos (Gepem), no anfiteatro do campus de Araras da Universidade Federal de São Carlos.

O evento reuniu produtores e criadores de pangasius no Estado, além da participação de profissionais, ligados à produção de peixes, e alunos da universidade federal. "Apoio essas iniciativas que fomentam a criação e a produção de peixes para consumo e exportação para o mercado internacional", disse Sebastião Santos.

Foram ministradas palestras sobre o potencial de mercado do pangasius no Brasil, além de informações do licenciamento ambiental para o cultivo e produção do panga no Estado. Outro ponto debatido foi a apresentação de inovações tecnológicas em sistemas intensivos de produção de peixes.

André Camargo, da PeixeBR, disse que a demanda de peixes produzidos no Brasil deve dobrar até 2022. "Sabemos do potencial brasileiro no mercado. Até 2022 passaremos de um milhão de toneladas de peixes produzidos e exportados, dando uma rentabilidade acima da média mundial", explicou.

Para o presidente da Câmara Setorial Pescado, Martinho Colpani, os produtores de peixes no Estado vêm passando momento de novas adaptações nas questões de documentação e licenciamento ambiental para produção e criação de espécies de peixes autorizados por lei.

sebastiaosantos@al.sp.gov.br