Alesp promove encontro com o Facebook para discutir a comunicação digital


19/06/2017 19:48 | Beatriz Correia - Foto Raphael Montanaro

Compartilhar:

Cauê Macris e Deborah Delbart<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg203907.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Palestra sobre o Facebook<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg203906.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Deborah Delbart<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg203908.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Assembleia Legislativa sediou nesta segunda-feira, 19/6, uma palestra do Facebook sobre as estratégias de comunicação para figuras e instituições públicas. A representante de Política e Governo da empresa, Deborah Delbart, falou sobre as técnicas mais apropriadas para conseguir um melhor resultado na rede social. "Nós passamos o que percebemos que funciona e o que não funciona, mas não tem uma receita, depende do perfil da página, do público a ser atingido e da estratégia que a equipe pretende usar", afirma.

O presidente da Assembleia, deputado Cauê Macris, ressaltou a importância da comunicação dos parlamentares com a população por meio das redes sociais. "É importante que façamos um bom conteúdo e que ele seja direto e objetivo. A maneira como você se comunica com a população através das mídias sociais é totalmente diferente de como se fala com a TV, o rádio ou a imprensa escrita", disse.

Débora destacou o modo de comunicação em rede, pelo qual as pessoas interagem com as informações e não só as consomem. Segundo a palestrante, a interação veio acompanhada de mudanças no comportamento do público. "Em pouco mais de dez anos, as pessoas passaram da etapa de só observar para a de registrar e, por último, de participar dos momentos, com selfies e engajamento nas redes", falou.

De acordo com dados do Facebook, atualmente a plataforma conta com 114 milhões de brasileiros cadastrados, dos quais 108 milhões acessam a rede social por um dispositivo móvel. "O conteúdo precisa ser palpável, com uma linguagem fácil e acessível. E não podemos esquecer que o público acessa pelo celular, o que significa que ele pode estar na fila do banco, esperando o elevador ou em pé em um ônibus cheio. A estratégia de comunicação deve considerar tudo isso", explica Débora.

A plataforma utiliza mais de 100 mil algoritmos que elaboram o Feed de Notícias para cada usuário. A relevância do conteúdo é feita a partir da interação do cliente com os perfis e páginas do Facebook. "O engajamento do público pelos comentários, compartilhamentos e curtidas é mais importante que o número de seguidores de uma página. É preciso estimular essa relação dando espaço para as pessoas participarem e respondendo às perguntas", esclarece a palestrante.

Outros eventos estão previstos para aperfeiçoar a atuação da Assembleia e dos parlamentares no mundo digital.