Consumo de bebidas alcoólicas pode ser proibido nos postos de combustíveis


28/06/2017 18:47 | Vinicius Moreira - Foto: Marco Antonio Cardelino

Compartilhar:

Deputados da Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg204468.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Deputados da Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg204469.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Delegado Olim  preside a Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg204464.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Fernando Capez<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2017/fg204467.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Uma proposta para reduzir os riscos de acidentes de motoristas por consumo de álcool recebeu parecer favorável na reunião da Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários nesta quarta-feira, 28/06. Para o deputado João Caramez (PSDB), autor do projeto, a proposta também garante a segurança dos usuários dos postos. "Os consumidores geralmente chegam aos postos dirigindo seus veículos e continuam a dirigir mesmo após o consumo de álcool. É um desrespeito à lei, colocando em risco a própria vida e a vida de outras pessoas", afirma.

Os deputados também foram favoráveis à proposta que institui escolta privada de segurança para o transporte de explosivos no Estado. O projeto, de autoria do deputado Cauê Macris (PSDB), pretende garantir a segurança da carga por conta da alta capacidade de destruição. "O problema principal decorrente desta falta de escolta no transporte de explosivos é a grande possibilidade da ocorrência de roubos", declarou.

Durante a reunião, foi aprovada a realização de audiência pública para discutir o aumento da ocorrência de arrastões em pontos de ônibus. O deputado Fernando Capez, autor do requerimento, propôs que sejam convidados para o debate o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, o delegado-geral da Polícia Civil, Youssef Abou Chahin, e o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Ricardo Gambaroni.

Estiveram presentes os deputados Delegado Olim (PP), presidente da comissão; Fernando Capez (PSDB), Hélio Nishimoto (PSDB), Gil Lancaster (DEM), Coronel Camilo (PSD), Rafael Silva (PDT) e Vaz de Lima (PSDB).