Moção de apelo para ajuda ao Hospital São Paulo


11/07/2017 15:05 | Da assessoria do deputado Carlos Neder

A estudante Maísa Francisco fala em reunião da Comissão de Saúde<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2017/fg205203.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Diante da grave crise financeira que o Hospital São Paulo (Unifesp) sofre atualmente, agravada tanto pelo aumento significativo de atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) quanto pela decisão do Ministério da Saúde de suspender o repasse de verba do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), a Comissão de Saúde aprovou na última terça-feira (4/7) a Moção 41/ 2017, que apela para que o governo federal realize urgentemente estudos e tome providências no sentido de reinserir o hospital no Rehuf.

Por se tratar de um assunto de extrema urgência, o deputado Carlos Neder solicitou ao presidente da Comissão, Cezinha de Madureira, um encaminhamento mais ágil à moção para que seja dada ciência ao destinatário o quanto antes.

Durante a reunião, a estudante Maísa Francisco, do 4º ano de medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), falou sobre a delicada situação que o Hospital São Paulo tem enfrentado devido à falta de reajustes na Tabela do SUS, agravada pela decisão do Ministério da Saúde, em abril, de suspender os recursos do Rehuf para o hospital universitário.

A Moção 41/ 2017, elaborada pela Comissão de Saúde, também requer ao Ministério da Saúde a atualização da Tabela do SUS, que estabelece o valor unitário a ser pago por procedimento no Sistema Único de Saúde (SUS).