Prevenção ao câncer de estômago é discutida na Alesp


02/10/2017 18:52 | Da Redação - Foto: Marco Antonio Cardelino

Mesa do evento<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-10-2017/fg209658.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Mesa do evento<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-10-2017/fg209659.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Público presente<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-10-2017/fg209660.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Mesa do evento<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-10-2017/fg209662.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Um ato solene realizado para promover medidas sócio-educativas e de saúde pública sobre o câncer de estômago foi realizado na sexta-feira (29/9), na Assembleia Legislativa de São Paulo. Para o organizador do evento, deputado Márcio Camargo (PSC), o objetivo da reunião foi conscientizar as pessoas da importância de realizar consultas e exames preventivos, "principalmente os homens, que não vão com frequência ao médico".

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), a maior incidência da doença ocorre em homens, por volta dos 70 anos de idade. No Brasil, esses tumores aparecem em terceiro lugar entre homens, e em quinto entre as mulheres. O presidente da Associação Brasileira de Câncer Gástrico, Laércio Gomes Lourenço, aponta que são "23 mil casos novos por ano".

Segundo o ex-presidente do Internacional Gastric Cancer Society (IGC), Bruno Zilberstein, este tipo de câncer atinge cerca de "meio milhão de pessoas no mundo". Ele explica que a doença é silenciosa e que é importante "valorizar os pequenos sintomas, como a gastrite".

Laércio Gomes destaca que, por conta do diagnóstico tardio, "cerca de 90% dos pacientes falecem". Para ele, uma alimentação adequada, controle de peso e rastreamento populacional são medidas essenciais para ajudar na prevenção do câncer.

Gomes também sugere a realização do exame de endoscopia, "mesmo que não apresente os sintomas, para identificar algumas lesões que chamamos de pré-câncer".

Dia estadual de conscientização

O evento também abordou o Projeto de Lei 127/2017, de autoria do mesmo deputado, que institui o dia 28 de setembro como o "Dia Estadual de Conscientização e Orientação sobre o Câncer de Estômago".

Márcio Camargo destaca que o projeto busca conscientizar a população sobre a doença. Além disso, o parlamentar busca implementar o Caminhão da Endoscopia, "para que ele vá às cidades, fazer o exame preventivo".