Rota das Bandeiras inicia 2ª etapa de prolongamento de anel viário


13/12/2017 06:42 | Da assessoria do deputado Edmir Chedid

Trecho do Anel Viário de Campinas<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-12-2017/fg215103.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A concessionária Rota das Bandeiras investirá R$ 70,8 milhões no prolongamento da rodovia Magalhães Teixeira (SP-083), conhecida como anel viário de Campinas. O trecho de 2,8 quilômetros de extensão fará a interseção da SP-348 (rodovia dos Bandeirantes) com a SP-324 (rodovia Miguel Melhado) e deverá estar concluído em janeiro de 2019.

De acordo com o deputado Edmir Chedid, um dos autores do requerimento para a extensão do anel viário, a medida contribuirá para amenizar o fluxo urbano de veículos e melhorar o acesso ao aeroporto de Viracopos. "O volume de veículos no perímetro urbano de Campinas diminuirá bastante com o prolongamento dessa rodovia", reafirmou.

Em relação ao aeroporto, o parlamentar destacou a melhoria na mobilidade e na logística de acesso. "O anel viário é uma obra discutida há vários anos a fim de garantir mais benefícios aos que se utilizam do aeroporto, que é um grande gerador de emprego e renda não somente para Campinas, mas para diversos municípios do entorno", disse.

A primeira etapa do anel viário foi entregue em 2015. O trecho com 5,8 quilômetros de extensão liga as rodovias Anhanguera e Bandeirantes, resultando em benefícios ao tráfego urbano de veículos, já que o acesso à rodovia dos Bandeirantes deixou de utilizar as vias urbanas. "Também tem resultado em melhorias para quem utiliza a rodovia Dom Pedro I", concluiu.

Notícias relacionadas