Nova diretoria da Associação dos Delegados de Polícia toma posse na Alesp


12/01/2018 15:09 | Léo Martins - Foto: José Antonio Teixeira

	Arnaldo Faria de Sá, Raquel Gallinati, Gustavo Bueno, Delegado Olim, Itamar Borges, Carlos Eduardo Benito Jorge, Julio Guebert, Ivana David e Gilberto Nascimento 	Arnaldo Faria de Sá, Raquel Gallinati, Gustavo Bueno, Delegado Olim, Itamar Borges, Carlos Eduardo Benito Jorge, Julio Guebert, Ivana David e Gilberto Nascimento Público presente Abrahão José Kfouri Raquel Gallinati e Gustavo Mesquita Galvão Bueno Júlio Guebert Itamar Borges Arnaldo Faria de Sá Momento da posse Público presente  Gustavo Mesquita Galvão Bueno e Delegado Olim Carlos Eduardo Benito Jorge Ivana David

Delegados e integrantes de destaque da segurança pública do Estado estiveram presentes no plenário Juscelino Kubitschek, na última quinta-feira (11/1), para prestigiar a posse da nova diretoria da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Adpesp). O evento foi proposto pelo deputado Delegado Olim (PP). "Essa instituição concede benefícios importantes para os delegados, como vantagens jurídicas, já que não são todos que conseguem pagar advogados, planos de saúde mais baratos, além de direito a lazer", declarou.

Para o novo presidente da Adpesp delegado Gustavo Mesquita Galvão Bueno a associação tem uma função dupla. "A importância de se associar refere-se a dois aspectos. A Adpesp lida com as reivindicações dos direitos dessa classe, mas também funciona como clube de benefícios e serviços. Quando você se associa, faz com que sua própria carreira se fortaleça", afirmou. A nova diretoria assume para os próximos três anos, até 2020.

Atualmente, a associação conta com 3.344 associados e 92 funcionários em todo o Estado. De acordo com a lei orgânica da polícia, deveriam existir 3.463 delegados no Estado. No entanto, segundo o ex-secretário geral da Adpesp André Ricardo Hauy, há menos de 2.800. "Ao longo desses três anos na diretoria, tivemos conquistas importantes, como a emenda constitucional 35, que garante ao delegado de polícia a carreira jurídica, um direito almejado por esses profissionais", disse.

O deputado Itamar Borges (PMDB) também participou do evento.