Central de Hemodiálise da Santa Casa de Guaratinguetá receberá investimentos


22/03/2018 11:50 | Da assessoria do deputado Padre Afonso Lobato

Padre Afonso (3º à esq.)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2018/fg219518.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Após inúmeros esforços e solicitações do deputado Padre Afonso Lobato, a central de hemodiálise da Santa Casa de Guaratinguetá deverá receber um investimento de R$ 670 mil e ganhar um reforço de 21 cadeiras para tratamento de pacientes dos 17 municípios da região do Vale Histórico, para os quais é referência.

A verba foi anunciada na última terça-feira (20/3) pelo secretário estadual adjunto de Saúde, Eduardo Ribeiro Adriano, em reunião com o deputado, juntamente com a secretária municipal de Saúde de Guaratinguetá, Maristela Macedo, o diretor administrativo da Santa Casa, João Marcos Romain e o provedor, Carlos Henrique de Faria Pereira. Com esse investimento deve subir para 35 o número de cadeiras disponíveis para o atendimento da população.

"Viemos resolver essa questão da hemodiálise e cobrar investimentos do Estado, mas aproveitamos também para manifestar nossa preocupação com outras pendências da Saúde na região, como por exemplo, a necessidade de mais leitos de UTI", disse Padre Afonso.

A liberação dos recursos, segundo a secretária de Saúde, Maristela Macedo ainda não tem data, mas deverá ocorrer em breve, e a implantação das novas cadeiras deverá levar cerca de 90 dias, após essa liberação.

A Santa Casa de Guaratinguetá começou a fazer atendimento de hemodiálise pelo SUS, em julho de 2016, após firmar parceria com o Estado e a reforma de uma ala específica para esse fim. Na época, as adaptações custaram cerca de R$ 500 mil, sendo parte do investimento feita pela entidade e parte pelo Governo, suprindo assim a demanda que antes era atendida pelo Hospital Frei Galvão.