Deputados votam convocações para CPI das OSS


08/05/2018 17:56 | Henrique Spatuzzi - Fotos: Carol Jacob

	Parlamentares na CPI<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2018/fg222572.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Edmir Chedid preside a CPI<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2018/fg222571.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Parlamentares na CPI<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2018/fg222569.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> 	Parlamentares na CPI<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2018/fg222663.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Comissão Parlamentar de Inquérito das Organizações Sociais da Saúde (CPI das OSS) definiu, na terça-feira (8/5) convidar o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Poggio Smanio. Ele e outros representantes da instituição também deverão ser chamados para esclarecer pontos de investigação em curso ou arquivados no Ministério Público do Estado.

Além disso, os deputados decidiram solicitar informações à ouvidoria da Secretaria Estadual da Saúde a respeito de denúncias envolvendo contratos firmados com as OSS.

A convocação do Secretário da Saúde Marco Antonio Zago para prestar esclarecimentos sobre a fiscaliza­ção de contratos com as OSS não foi deliberada.

O deputado Cezinha de Madureira (PSD) afirmou que a convocação é precoce, já que Zago assumiu o cargo recentemente. "O secretário ainda não teria condições de dar as respostas necessárias à comissão", disse, a respeito do requerimento do deputado José Americo (PT).

Para Edmir Chedid (DEM), presidente da CPI, o requerimento poderia ter sido aprovado. "O secretário assumiu o cargo agora, porém poderia contar com toda a assessoria para esclarecer as dúvidas da CPI", argumentou. Ele ainda comentou os trabalhos da comissão, parabenizando os colegas pela realização das várias reuniões, não faltando quórum.

Estiveram presentes também os deputados Barros Munhoz (PSB), Carlos Neder (PT), Cássio Navarro e Marco Vinholi (ambos do PSDB) e Wellington Moura (PRB).

A próxima reunião da CPI das OSS acontecerá na quarta-feira (9/5), às 13h, no plenário Tiradentes.