Deputado Gustavo Petta toma posse na Alesp


14/05/2018 16:13 | Léo Martins - Fotos : Raphael Montanaro

Gustavo Lemos Petta Marco Vinholi, Junior Aprillanti, Cauê Macris, Gustavo Lemos Petta e Davi Zaia  Gustavo Lemos Petta Junior Aprillanti Junior Aprillanti

Com a saída do deputado licenciado Junior Aprillanti da Assembleia Legislativa de São Paulo, o ex-vereador de Campinas Gustavo Petta (PCdoB), que estava na suplência, tomou posse na segunda-feira (14/5), no plenário Juscelino Kubitschek. "Tenho um vínculo com a educação e a juventude por ter liderado movimentos estudantis, é um assunto com que me preocupo muito. Representar o povo no Estado aqui no Legislativo é muita responsabilidade", declarou.

Para Petta, a educação é uma bandeira que deve ser defendida. "Vivemos em um Estado muito rico, em que a educação pública é de pouca qualidade e os professores sem valorização. Precisamos atuar no sentido de tornar isso prioridade em São Paulo, só dessa forma teremos um país democrático, justo e com menos desigualdade social", disse.

A deputada Leci Brandão (PCdoB) disse que a chegada de Petta vem como um fortalecimento, já que antes era a única deputada do partido na Casa, desde 2011. "Sozinha não estava sendo fácil. O Petta é uma pessoa que tem uma vasta experiência, a soma das nossas ideias fará com que o PCdoB seja um partido mais forte aqui na Alesp", disse.

Aprillanti assumirá o cargo de secretário estadual de Turis­mo, a convite do governador Márcio França. Ele destacou as conquistas recentes na Casa, com a aprovação dos Municípios de Interesse Turístico (MITs): "São Paulo tem 45 milhões de habitantes. Além disso, anualmente 15 milhões de pessoas visitam o Estado, visando ao turismo religioso, de negócios, rural, entre outros. Liberar esses recursos para os municípios gera ainda mais empregos e oportunidades para a população".

Sobre Petta

Gustavo Petta tem 38 anos e começou a carreira política em movimentos estudantis. Presidiu a União Campineira dos Estudantes Segundaristas e a União Nacional dos Estudantes (UNE), sendo o único presidente reeleito e tendo participado diretamente de conquistas importantes para a classe, como a aprovação do Programa Universidade Para Todos (Prouni). Foi vereador de Campinas por dois mandatos e assumiu o cargo de deputado federal em fevereiro de 2014. Nas eleições do mesmo ano, disputou uma cadeira na Alesp e teve 33.370 votos, ficando na suplência.