Deputados aprovam proibição de caça no Estado de São Paulo


22/05/2018 21:57 | Da Redação - Foto: José Antonio Teixeira

Plenário Juscelino Kubitschek <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2018/fg223657.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Plenário Juscelino Kubitschek <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2018/fg223659.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Um projeto de lei aprovado na Alesp nesta terça-feira (22/5) proíbe, em definitivo, todas as modalidades de caça de animais silvestres - exóticos ou domésticos, independentemente da finalidade, no Estado de São Paulo.

Para o deputado Roberto Trípoli (PV), autor da iniciativa, uma das motivações é a caça de javalis. "Estamos no século 21 e a população quer dar uma basta nisso. Não é diversão você matar um ser vivo. Esses animais têm sido perseguidos e mortos de forma cruel no interior do Estado.", diz.

Pela proposta, quem for flagrado caçando terá que pagar multa de cerca de

R$ 4 mil. No caso de o animal estar em área protegida ou ameaçado de extinção, este valor pode ser triplicado.

A atual legislação ambiental brasileira abre exceções onde a caça é permitida, como no caso da caça de subsistência, de proteção às lavouras ou ainda quando a espécie animal é considerada nociva.