Cuidados permitem aproveitar o verão com saúde


14/01/2019 18:30 | Conscientização | Laysla Jacob

Compartilhar:

Imagem ilustrativa (fonte: Pixnio)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-01-2019/fg229342.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Altas temperaturas e incidência de raios solares fazem necessária uma série de cuidados para desfrutar a estação mais quente do ano de maneira saudável. Sol, praia, piscina e atividades ao ar livre requerem muita atenção para que sejam atividades prazerosas e sem consequências danosas para a saúde. Pequenos atitudes no dia a dia, como os descritos abaixo, evitam riscos para o organismo. O importante é não se descuidar e aproveitar o verão com consciência.

Proteja-se dos raios solares

Durante o verão, o sol incide de maneira mais intensa sobre a superfície terrestre. Para que isso não se torne um problema, o ideal é se proteger, evitando desde insolação e envelhecimento precoce até câncer de pele.

O uso de filtros com fator de proteção solar (FPS) igual ou superior a 30 minimiza os efeitos dos raios UVA e UVB sobre a pele. O protetor deve ser reaplicado sempre após duas horas ou em caso de transpiração extrema. Também é importante usar bonés e chapéus para cobrir o rosto.

Não menos conveniente é evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h, período em que a incidência dos raios é ainda mais forte, e escolher sempre andar pela sombra.

Beba muita água

O tempo quente faz com que o corpo perca muita água por meio da transpiração, o que pode levar à desidratação. Nessas condições, a pessoa apresenta sintomas que variam desde a sensação de boca seca até tonturas e fortes dores de cabeça.

Para que o corpo fique devidamente hidratado, o ideal é ingerir entre dois e três litros de água por dia. Quem preferir pode optar por sucos naturais e chás gelados, que além do líquido repõem os sais minerais perdidos com o suor excessivo.

Tenha uma alimentação equilibrada

Além de tomar muita água, indica-se uma alimentação saudável e leve para ter a sensação de bem-estar. Alimentos muito gordurosos ou grandes refeições dificultam a digestão e fazem com que o corpo fique mais quente, produzindo então o suor.

Outra providência é evitar alimentos muito açucarados, como refrigerantes, e também as bebidas alcoólicas, pois colaboram com a desidratação.

O ideal é alimentar-se de três em três horas, fazendo sempre refeições leves. Saladas e frutas ricas em água - como melancia, morango e melão - ajudam a manter o organismo saudável.

Mar e piscina

O sal e o cloro ressecam a pele. Por isso, recomenda-se um banho comum no chuveiro após um banho de mar e ou de piscina, eliminando-se os resíduos prejudiciais. Caso necessário, pode ser aplicado um creme hidratante sobre a pele após o banho.

Evitar que a água salgada ou com cloro atinja os olhos é interessante. Podem ser usados óculos de mergulho para proteção e, caso ocorra o contato, recomenda-se enxaguar os olhos com água corrente.

Passar o dia no mar ou na piscina muitas vezes tem como consequência queimaduras na pele. Para aliviar o desconforto, uma solução simples é um banho gelado. Se a pele estiver descascando ou com bolhas, aconselha-se não tocar nas feridas e esperar que estourem naturalmente. Em casos mais sérios, pode ser indicado atendimento médico.

Cuidados com os bichos

Os animais também precisam de cuidados para que o calor não afete sua saúde. Esteja atento para que o bichinho não fique em um local com incidência de raios solares ou abafado. Nunca deixe o animal sozinho em um carro fechado " isso pode causar sua morte por hiperaquecimento e desidratação.

Escolher o horário para os passeios também é muito importante. Para evitar que o animal de estimação machuque as patas, prefira caminhar no começo da manhã ou no final da tarde, quando o chão não deverá estar muito quente. Tenha sempre água fresca para oferecer ao seu pet.