Combate e Enfrentamento às Drogas são tema de nova frente parlamentar


24/06/2019 16:57 | Evento | Laysla Jacob - Fotos: José Antonio Teixeira

Mesa do evento<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2019/fg236246.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Rafa Zimbaldi e Paulo Dimas Mascaretti<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2019/fg236247.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Clarice Madruga e Rodrigo Flaire<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2019/fg236248.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Público presente<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2019/fg236249.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Público presente	<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2019/fg236250.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A necessidade de combater o uso de drogas e suas consequências levou ao lançamento de uma nova frente parlamentar nesta segunda-feira (24/6), na Alesp. O deputado Rafa Zimbaldi (PSB) conduziu o debate, que contou com a presença de autoridades e especialistas no tema. O grupo de trabalho pretende elaborar políticas públicas para o enfrentamento ao uso de drogas, assim como articular-se a outros órgãos públicos e privados com a finalidade de apresentar soluções.

Promover uma ampla discussão sobre o problema e apresentar propostas para implementação de políticas públicas pelas três esferas de poder estão entre as principais funções da frente. Outro ponto em destaque é a fiscalização e acompanhamento de programas governamentais relacionados à juventude e enfrentamento às drogas.

Segundo o secretário de Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Debellis Marcaretti, a articulação de diversos órgãos pode ser um caminho para solucionar problema. "É uma questão de integração. Nós temos diversas esferas da federação se preparando a cada dia para enfrentar os novos desafios deste tema complexo. Falta diálogo entre diversos órgãos. O debate é exatamente este: buscar estabelecer uma política de integração e melhores mecanismos de prevenção ao uso das drogas", disse.

Unidades terapêuticas

O deputado Rafa Zimbaldi afirmou que a união do Poder Legislativo é fundamental na criação de políticas públicas de prevenção e enfrentamento à dependência química. Na questão de combate ao uso de drogas, o parlamentar afirmou ser um grande desafio a situação das unidades de tratamento. "Um problema sério que temos enfrentado é a condição de penúria que as unidades terapêuticas se encontram. Nós, deputados, temos que buscar recursos e investimentos junto ao governo do Estado para que essas unidades possam realizar um trabalho digno e de recuperação desses dependentes químicos", explicou.

O deputado Vinícius Camarinha (PSB), membro do grupo de trabalho, evidenciou a necessidade da frente parlamentar pelo fato de as drogas serem um problema que atinge a diversos grupos da sociedade. "A droga está presente em qualquer nível social, tanto nas famílias mais carentes quanto nas mais abastadas. Ela é devastadora, destrói a família e afasta do convívio social. Nós, como legisladores, temos que cobrar medidas do governo do Estado e auxiliar os órgãos competentes. O combate às drogas deve ainda atuar em duas frentes, no combate ao crime e também em tratamento para as pessoas que procuram ajuda, de modo que possam ser resgatadas."

O evento ainda contou com a presença do presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas do Estado de São Paulo (CONED), Marcelo Ribeiro de Araujo, do coordenador de Políticas sobre Drogas (COED) da Secretaria de Desenvolvimento Social, Rodrigo Flaire, do presidente da Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas (Febract), Luis Roberto Sdoia, e da pesquisadora e coordenadora do Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), Clarice Madruga.