Projeto de Célia Leão dá denominação ao Trevo da Bosch


25/09/2001 16:38


DA ASSESSORIA

A deputada Célia Leão elaborou um projeto de lei, na última sexta-feira, 21/9, no

qual denomina Monsenhor Geraldo Azevedo, o trevo localizado no Km

98 da SP-330 - Rodovia Anhangüera, conhecido como trevo da Bosch, em

Campinas.

Segundo a deputada, a homenagem é uma forma de mostrar à população a importância, para Campinas, do monsenhor que nasceu em 2 de janeiro de 1921 no município de Vinhedo. "Monsenhor Geraldo Azevedo conseguiu para Campinas o título de Basílica à Matriz do Carmo, título este que o Papa analisa com rigor antes de conferir", lembra a deputada, completando que o religioso foi um grande comunicador, fundando duas emissoras de rádio: Andorinha, primeira rádio FM da cidade, e a Central AM, na qual tinha três programas diários, além de uma missa dominical.

Geraldo Azevedo, que morreu em 22 de julho de 2000 de falência

múltipla dos órgãos, recebeu o título de Cidadão Campineiro da Câmara Municipal em 1996, pelo reconhecimento do seu trabalho.