Educação recebe investimentos adicionais de R$ 500 milhões

Cerimônia no Palácio dos Bandeirantes reúne parlamentares, autoridades, professores, funcionários e estudantes (foto)
04/09/2001 19:52


DA ASSESSORIA

O governo do Estado vai investir mais R$ 500 milhões na Educação, em 11 ações que vão desde a construção de 268 novas escolas, 148 na Capital e 128 no Interior, à compra de equipamentos e promoção de programas educacionais. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 4/9, pelo governador Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes. O deputado Vanderlei Macris (PSDB) participou da cerimônia, que reuniu parlamentares, autoridades municipais, professores, funcionários e estudantes da rede pública estadual.

"O governador demonstra a mesma determinação de Mário Covas, que perseguiu com obstinação uma política de investimentos sem precedentes na Educação. Covas e Alckmin investiram mais que todos os governadores anteriores. O único governador que deu tanta atenção ao setor foi Franco Montoro, que também entendia a Educação como de importância estratégica para o desenvolvimento do Estado", disse Macris.

Os R$ 500 milhões anunciados vêm se somar aos R$ 6,7 bilhões já investidos pelo atual governo, perfazendo um total de R$ 7,2 bilhões em investimentos, segundo anunciou Geraldo Alckmin. Além da construção e reformas de escolas (R$ 250 milhões), a verba será empregada na modernização administrativa (R$ 15 milhões) através da informatização; em equipamentos mobiliários (R$ 10 milhões); quadras poliesportivas cobertas para 500 escolas (R$ 20 milhões); compra de 700 vans e microônibus (R$ 35 milhões) para o transporte escolar; aquisição de 300 mil computadores para salas de aula; compra de softwares e insumos para informática (R$ 25 milhões); ajuda de meio salário mínimo para alunos monitores de informática (R$ 10 milhões); investimento no Programa Profissão de cursos profissionalizantes (R$ 40 milhões); 2 milhões de livros não didáticos para as escolas (R$ 18 milhões); aprimoramento profissional do magistério (R$ 12 milhões); ampliação do Programa Parceiros do Futuro ( R$ 5 milhões); e desenvolvimento de projetos pedagógicos (R$ 60 milhões).

Com a construção das novas escolas, diz Macris, serão criadas 300 mil vagas. Segundo dados da Secretaria da Educação, entre janeiro de 1995 e julho de 2001, o governo do Estado concluiu 496 escolas e está construindo mais 195. No mesmo período, a Secretaria Educação fez 1.201 ampliações.

Ainda de acordo com a Secretaria, as reformas e ampliações de unidades escolares beneficiam 6 milhões de alunos da rede escolar. Na Grande São Paulo, elas recuperarão ou vão ampliar salas de aulas para 1,345 milhão de alunos e, no Interior, para 1,155 milhão.