É o mesmo que deixar a porta de casa aberta

PLENÁRIO
03/02/2005 18:32


"Apesar de o governo do Estado ter declarado que a violência diminuiu, li num jornal paulistano que há 11% mais seqüestros em São Paulo do que no Rio de Janeiro", declarou Conte Lopes (PP). Para ele, este número ainda não reflete a realidade, já que foi restringido pelo governo o que se caracteriza como seqüestro. O deputado se surpreende pelo alarde provocado pelo seqüestro de um brasileiro no Iraque, quando no país há vários delitos iguais cometidos diariamente. Citou, ainda, o caso ocorrido com o casal de jornalistas da Rede Globo, Wiliam Bonner e Fátima Bernardes, que foi assaltado em sua residência, num condomínio fechado do Rio. "Não adianta morar em condomínio fechado se a segurança não tem condições de trabalhar, pois nem a ela é permitido o porte de armas - é o mesmo que deixar a porta de casa aberta".