Música Cristã é homenageada na Assembleia Legislativa


23/06/2009 17:00

Compartilhar:

José Bruno<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2009/JOSEBRUNOMUSICA.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Assembleia Legislativa de São Paulo cedeu seu espaço para a realização de dois importantes eventos relacionados à música evangélica, que fizeram parte do Tributo à Música Cristã. Promovidos pelo deputado José Bruno (DEM), os encontros aconteceram no dia 22/6 e reuniram diversas categorias musicais, entre produtores, cantores, maestros, compositores, além de especialistas em temas culturais que debateram assuntos ligados ao universo musical cristão.

O primeiro evento foi o Simpósio de Música Cristã, que teve como objetivo trazer informações e esclarecimentos sobre diversos temas, entre eles direito autoral, pirataria, arte e cultura, entre outros. O deputado José Bruno recebeu no auditório Teotônio Vilela cerca de 70 participantes, que vieram ouvir as explanações das advogadas especialistas em cultura Suely de Camargo e Letícia Amorim, da Aproartes, e do produtor executivo Maurício Soares, da gravadora Graça Music.

Para esclarecer sobre a recente CPI do Ecad, que aconteceu na Alesp e tinha como interesse investigar possíveis irregularidades praticadas pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, José Bruno convidou o vice-presidente da comissão, deputado Carlos Giannazi (PSOL) que situou os presentes sobre os trabalhos realizados pela CPI. O parlamentar também respondeu a diversos questionamentos, entre eles, se a OMB pode exigir carteirinha dos músicos. "Não. Existe uma lei em São Paulo que desobriga a apresentação da carteira", afirmou o deputado que citou a lei 12.547/2007, de autoria do ex-deputado Alberto Turco Loco.

Após os debates, que duraram cerca de três horas, José Bruno dirigiu-se à Sala dos Espelhos, onde recebeu os músicos que seriam homenageados na sessão solene, marcada para começar às 20h no plenário Juscelino Kubitschek. A cerimônia foi iniciada com a apresentação da camerata da Polícia Militar, que ao som de instrumentos de corda executou o Hino Nacional. Após pronunciamento do deputado José Bruno, que falou sobre o objetivo do Tributo à Música Cristã, a cantora Vânia Marx interpretou o clássico cristão Tu és Fiel.

José Bruno, que também é músico, deu início à solenidade citando o currículo musical de cada homenageado e sobre o que eles representam para a música cristã e para a cultura evangélica. "São pessoas que, com seu talento e compromisso, têm enriquecido e promovido a música, imprimindo às letras e melodias ainda mais qualidade, ao acrescentar sua voz e tocar seus instrumentos".

Todos os homenageados ficaram na tribuna. Após ser chamado por José Bruno, que presidiu a sessão, cada um dirigia-se à Mesa para receber o troféu, que tinha estampado em acrílico um peixe (símbolo do cristianismo) de onde saiam notas musicais. Os cantores que estavam presentes puderam brindar a plateia com uma música marcante de seu repertório, como Leonardo Gonçalves, Oficina G3 e Renascer Praise.

O evento foi encerrado às 22h, com uma oração feita pelo deputado José Bruno, que é bispo da Igreja Renascer em Cristo.