Líderes das torcidas organizadas querem bandeiras com mastros nos estádios


01/06/2010 20:57

Compartilhar:

Membros de torcida organizada<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/COMESPTURISMOZED_7739.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Parlamentares da comissão <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/COMESPTURISMOdepsZED_7714.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Luciano Batista <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/COMESPTURISMOZED_7729.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Comissão de Esportes e Turismo recebeu, na tarde desta terça-feira, 1º/6, membros das principais torcidas organizadas do Estado, que solicitaram maior celeridade na tramitação do Projeto de Lei 204/2010, que trata da permissão e restrição do uso de materiais e equipamentos nos eventos esportivos. Os líderes das torcidas organizadas ressaltaram a necessidade de aprovação do projeto, visto que São Paulo é o único Estado que não permite a entrada de bandeiras com mastros nos estádios, por motivos de segurança.

O presidente da comissão, deputado Luciano Batista (PSB), também ressaltou a importância do projeto: "Trata-se de um projeto importante, que propicia beleza e plástica às partidas de futebol", enfatizou. Ele também anunciou, durante a reunião, que fará convite aos presidentes dos principais clubes do Estado com o objetivo de ouvir sua opinião sobre o Projeto de Lei 177/2010, que propõe limitar para as 23h o término das partidas de futebol, e que prevê punições aos torcedores que praticarem atos violentos.

O mediador das torcidas organizadas, Danilo Zamboni, enfatizou a necessidade da criação de uma cultura da paz nos estádios de futebol: "Em Brasília, existe uma comissão de esportes que é favorável ao retorno das festas nos estádios. São Paulo é o único Estado do país que proíbe os mastros. Temos que criar uma cultura de paz nesses locais e não proibir por proibir", afirmou.

Já os líderes das torcidas organizadas presentes à reunião destacaram a necessidade de uma "cultura de melhor atendimento". Atualmente, já existe um canal de diálogo entre as torcidas organizadas conjuntas com o Ministério Público e a Polícia Militar antes da realização das partidas. Diante da exposição dos representantes das organizadas, o deputado Vicente Cândido (PT) confirmou que a comissão fará um requerimento ao Colégio de Líderes solicitando tramitação de urgência ao projeto.



Pauta



Durante a reunião foram aprovados três pareceres favoráveis a projetos de lei, entre eles o PL 1.001/2009, do deputado Ed Thomas (PSB), que inclui no calendário turístico do Estado a Cavalgada de São Sebastião, em Presidente Epitácio. Já o PL 31/2010, do deputado Davi Zaia (PPS), inclui no calendário turístico do Estado o Torneio de 1º de Maio, de Cordeirópolis.

Participaram da reunião os deputados Ricardo Montoro (PSDB), Vicente Cândido (PT), Pedro Bigardi (PCdoB) e o presidente da comissão, deputado Luciano Batista (PSB).