Da Tribuna


20/06/2016 16:27 | Da Divisão de Taquigrafia da Assembleia


CORONEL TELHADA - Discorre sobre o Seminário de Segurança Pública, ocorrido neste Parlamento, no dia 17/6, cujo tema em destaque foi a atuação do crime organizado. Lembra criminoso colombiano que trouxera muitos danos àquela sociedade na década de 90. Faz um paralelo entre o crime organizado e os políticos atuais. Mostra reportagem sobre a reconstituição da morte de garoto de 10 anos, na capital.

CARLOS GIANNAZI - Apresenta denúncia de aluno que relata ter sido agredido por mais de 15 policiais, que o proibiram de adentrar o interior da escola para entregar um trabalho. Mostra vídeo sobre o caso. Tece críticas à Polícia Militar. Pede providências, no sentido de que sejam apurados os fatos e punidos os responsáveis pela agressão ao estudante.

JOOJI HATO - Comenta sua participação no Seminário da Segurança Pública, dia 17/6, ocasião em que apresentara sugestões para a redução da criminalidade. Discorre sobre a violência. Defende o desarmamento.

CARLOS GIANNAZI - Apela ao governador Geraldo Alckmin para que faça o pagamento a servidores que foram aprovados na prova de mérito. Tece críticas à gestão tucana que, a seu ver, promove medidas de isenção fiscal que favorecem grandes empresários. Exige que o governo estadual apresente um projeto de lei para reajuste salarial do Magistério. Reitera críticas à Polícia Militar, pela repressão a alunos da USP. Repudia a postura do reitor Marco Antonio Zago diante de manifestações estudantis. Pede o imediato afastamento do gestor daquela universidade.