Palestra encerra o Outubro Rosa na Alesp


30/10/2018 17:10 | Campanha | Da Redação - Foto: Marina Mendes

Compartilhar:

Palestra encerra o Outubro Rosa na Alesp<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-10-2018/fg227039.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Uma aula sobre Meditação, apresentada pela psicóloga e antropóloga Susan Andrews, encerrou o Outubro Rosa na Assembleia Legislativa de São Paulo, na segunda-feira (29/10). A campanha promove anualmente o combate ao câncer de mama e a conscientização sobre prevenção.

Susan é autora do livro "Meditação: o que dizem os cientistas e sábios", que foi lançado na mesma data, no auditório Franco Montoro.

Organizado pela União e Apoio no Combate ao Câncer de Mama (Unaccam), o evento teve a participação da presidente da associação, Clarisia Viscardi Ramos, e da coordenadora do Instituto Visão do Futuro, Carolina Bonfanti. As duas ONGs atuam em parceria, promovendo atividades relacionadas ao combate à doença e à promoção de melhor qualidade de vida às pacientes.

História do movimento

A existência do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando um laço cor-de-rosa foi distribuído pela Fundação Susan Komen For The Cure aos participantes da primeira Corrida pela Cura. O evento ocorreu na cidade de Nova York, em 1990.

No Brasil, o Outubro Rosa foi inaugurado com a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista (mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera), no dia 2 de outubro de 2002.

Câncer de mama

O câncer é uma doença causada pela multiplicação de células anormais, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama, que variam inclusive quanto à velocidade de desenvolvimento e à capacidade de espalhar-se pelo organismo, causando metástases.

A doença pode ser tratada e o diagnóstico precoce aumenta muito as possibilidades de cura, o que evidencia a importância da prevenção. A Secretaria da Saúde, por meio do Programa Mulheres de Peito, trabalha a prevenção desse tipo de câncer por todo o estado. O Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).