PDO apura compra de máscaras descartáveis

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa de São Paulo.
04/08/2020 17:34 | Atividade Parlamentar | Da assessoria da deputado Marcio Nakashima

Marcio Nakashima (3º á dir.)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-08-2020/fg252211.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O Grupo Parlamentares em Defesa do Orçamento (PDO) investiga uma compra feita pela prefeitura de Santa Branca de máscara descartável por R$ 60 a unidade.

Em outra remessa, foram adquiridas máscaras ao custo unitário de R$ 70 e álcool em gel de 500 ml por R$ 30 o frasco. A prefeitura fez a aquisição de forma emergencial, com dispensa de licitação em uma farmácia no município de Potim.

No dia 30/7, o PDO esteve em Santa Branca a convite de vereadores que compõem uma comissão que apura os gastos emergenciais no município. Eles fizeram pesquisas de preços dos produtos em páginas de venda na internet e comércio da região e constataram valores bem abaixo do que foi pago pela prefeitura. Levaram a denúncia ao Ministério Público Estadual e Federal. Agora, o PDO encaminhará o caso ao Tribunal de Contas do Estado e à Polícia Federal.

"Desde o mês passado, o nosso mandato vem acompanhando as investigações sobre essas compras com valores absurdos em Santa Branca, e não vamos descansar enquanto tudo não for esclarecido", afirma Marcio Nakashima.

O PDO é um grupo suprapartidário, formado com o objetivo de fiscalizar as contas públicas e as medidas adotadas no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Liderado pelo deputado Sargento Neri, é composto pelos parlamentares Coronel Telhada, Adriana Borgo, Letícia Aguiar, Marcio Nakashima, Coronel Nishikawa, Ed Thomas, Conte Lopes, Tenente Coimbra e Edna Macedo.