Frente parlamentar da Alesp realiza audiência pública sobre o cultivo da Cannabis

Parlamentares e especialistas debateram sobre o plantio da planta em escala artesanal e industrial
17/03/2022 14:21 | Frente Parlamentar | Lucas Martins - Foto: Reprodução Rede Alesp

Compartilhar:

Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283582.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Sergio Victor<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283599.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Bruno<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283600.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Cidinha Carvalho<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283601.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Monica Rosenberg<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283602.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Renata Bernardino<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283603.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2022/fg283583.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial da Assembleia Legislativa de São Paulo realizou, nesta quarta-feira (16), em ambiente virtual, a terceira de oito audiências públicas programadas para acontecer até junho. O encontro, que teve como tema central o cultivo da planta, contou com a participação de parlamentares e especialistas da área.

O grupo de deputados foi formado no ano passado e já conta com 20 membros de 12 partidos diferentes, além de seu coordenador, o deputado Sérgio Victor (Novo).

A primeira reunião da Frente Parlamentar foi realizada em outubro de 2021 e foram apresentados o cronograma das reuniões e os objetivos dos parlamentares, entre eles, a aprovação do Projeto de Lei 1180/2019, de autoria do deputado Caio França (PSB), que institui a Política Estadual de Fornecimento de Medicamentos fabricados à base de canabidiol e derivados no Sistema Único de Saúde.

O deputado Sérgio Victor abriu a reunião ressaltando a importância de ceder espaço a especialistas da área mostrarem a realidade do cultivo de cannabis no Brasil e seus obstáculos.

"É muito importante a gente ouvir quem tem a experiência do cultivo e sobre qual é o melhor jeito para fazer isso. Aqui temos uma turma muito boa que vai compartilhar a sua experiência com a gente", disse.

Maria Aparecida Felício tem uma filha portadora da síndrome Dravet, uma doença rara e progressiva que causa déficits cognitivos, epilepsia, problemas motores e características do autismo.

Em 2015, após conhecer os efeitos benéficos do uso do óleo de canabidiol no tratamento da síndrome, Felício viajou ao Chile para obter conhecimentos sobre a extração do produto para que pudesse plantar e produzir o medicamento em sua própria casa.

A atual presidente da Cultive, associação de cannabis e saúde, afirmou que o óleo de canabidiol teve efeito positivo no tratamento de sua filha.

"Geralmente, as meninas com Síndrome de Dravet não chegavam à adolescência. Hoje, a minha filha tem 18 anos e em abril faz oito anos que ela faz uso do óleo feito artesanalmente. Faz oito anos que eu não tenho que correr para o pronto-socorro por conta de convulsões da minha filha", falou.

Já Sérgio Rocha, representante da Adwa Cannabis, falou que a liberação do plantio da planta se tornou uma questão econômica, já que a cannabis é fonte de matérias primas para indústrias variadas.

Porém, o engenheiro agrônomo apontou o clima como um dos principais obstáculos para o plantio da erva no Brasil.

"Essas são plantas que foram desenvolvidas em regiões temperadas ou subtropicais. Quando as trazemos para serem plantadas em países tropicais, o clima irá afetar a produtividade e a composição delas. É preciso ter modelos produtivos eficientes e com qualidade é necessário que a gente desenvolva variedades de cannabis adaptadas para as diferentes condições climáticas do Brasil", disse.

Por fim, Lorenzo Rolim, membro da Associação Americana de Cânhamo Industrial, pediu para que os parlamentares da Alesp lutassem por cenários regulatórios e leis que permitam que a indústria local tenha competitividade global.

"Estamos em uma assembleia legislativa estadual, mas os representantes daqui tem o poder de alterar a realidade em nível nacional. Somos a maior economia do país e tudo que fazemos levamos o Brasil junto. Também somos uma potência do agro e temos que levar o cânhamo para dentro desse negócio que empresa milhões de pessoas", falou.