Em defesa do piso salarial para profissionais da enfermagem

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.
05/05/2021 14:02 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Marcio Nakashima

Compartilhar:

Marcio Nakashima<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2021/fg266208.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Uma luta histórica. Há anos os profissionais de enfermagem enfrentam desigualdades salariais e jornadas exaustivas de trabalho. Em reconhecimento ao protagonismo desses trabalhadores, sobretudo, neste período de pandemia, o deputado Marcio Nakashima apresentou na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 101/2021 que cria no Estado de São Paulo o piso salarial para os profissionais da área.

Pela proposta, o piso dos enfermeiros em todo o Estado será de R$ 7.500. O salário dos técnicos de enfermagem deverá ser de R$ 4 mil e dos auxiliares de enfermagem, R$ 3.500.

Vale lembrar que existem propostas na esfera federal que buscam regulamentar o piso salarial nacional para essa categoria.

"Lutaremos para que a aprovação da proposta em São Paulo sirva de exemplo para que profissionais de enfermagem em todo o Brasil possam ser contemplados com uma remuneração minimamente justa", afirmou Nakashima, referindo-se ao PL 2.564 que tramita na agenda de pautas do Congresso Nacional, sem data definida para votação.