Assembleia apresentou dezenas de projetos relacionados à educação


10/08/2018 19:36 | Projeto de Lei | Larissa Seretti

Imagem ilustrativa (fonte: Agência Alesp)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-08-2018/fg226588.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

No primeiro semestre deste ano, 31 propostas relacionadas à educação foram discutidas pelos deputados. Algumas dizem respeito à criação de programas sociais, outras sugerem novas disciplinas para o currículo escolar, e mais algumas tratam de denominaç­ão de escolas estaduais.

Uma das medidas apresentadas é o Projeto de Lei (PL) 454/2018, de autoria do deputado Campos Machado (PTB), que sugere criar o Projeto Social de Formação Continuada em Inteligência Artificial, Programação, Robótica e Empreendedorismo para jovens de 15 a 18 anos. Oferecido pelo Centro Paula Souza, os cursos serão ministrados por alunos estagiários das Faculdades de Tecnologia (Fatecs). Além disso, ao final do curso, os alunos poderão receber bolsas para abrir negócios de base tecnológica.

Outro projeto apresentado e que continua em tramitação é o PL 304/2018, idealizado pela deputada Marta Costa (PSD). A propositura tem como principal foco a inclusão de medidas preventivas e de conscientização contra a erotização infantil no processo pedagógico das escolas públicas do Estado. Algumas metas colocadas pelo projeto são o combate à sexualização precoce no comportamento e aprendizado social das crianças e a capacitação dos docentes e da família para a orientação e solução do problema.

Visando a melhorar o bem-estar de pessoas obesas e com deficiência, o PL 252/2018, de autoria do deputado Rafael Silva (PSD), pretende obrigar as escolas e creches a disponibilizar no mínimo 10% de móveis adaptados para pessoas nessas condições.