Aprovado projeto que trata do controle populacional do javali

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa de São Paulo.
10/09/2020 13:08 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Itamar Borges

Itamar Borges (à esq.)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-09-2020/fg254199.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Durante a sessão extraordinária desta terça-feira (8/9), os parlamentares da Alesp aprovaram o PL 558/2018, que dispõe sobre o controle populacional de animais exóticos invasores e manejo sustentável de espécimes silvestres nocivos aos seres humanos, ao meio ambiente, à agricultura, à pecuária, à saúde pública e às outras espécies silvestres nativas como o javali no Estado de São Paulo e dá outras providências.

O coordenador da SP-Agro (Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista), deputado Itamar Borges, coautor do projeto, destacou a importância da aprovação. "Essa aprovação fará com que possamos corrigir a legislação atual e retornar às regras que existiam no estado", afirmou.

No Brasil, a caça ao javali é permitida como meio de controle da população desde 2013, pela Instrução Normativa 3, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis " Ibama. Em São Paulo, o controle do javali é regulamentado pela Resolução conjunta das Secretarias de Agricultura e Abastecimento e de Meio Ambiente 01/2018. A medida só foi possível após um longo trabalho do deputado Itamar Borges, coordenador da Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista, com deputado federal Arnaldo Jardim, o deputado estadual Carlão Pignatari, os secretários da Agricultura e Meio Ambiente, e diversas entidades do setor, ainda de maneira burocrática.