Acompanhamento da pandemia no Estado marcou atuação da Comissão de Saúde em 2020

Ações de combate à Covid-19 foram tema de debates entre deputados e autoridades
11/01/2021 15:16 | Retrospectiva | Luiz Rheda - foto: Carol Jacob

Compartilhar:

Deputados da Comissão de Saúde recebem Mário Jorge Tsuchyia em 10/03/2020<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-01-2021/fg259802.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Em um ano marcado pela crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus, a Comissão de Saúde da Alesp acompanhou o combate à doença no Estado e debateu ações que pudessem auxiliar os paulistas no enfrentamento à Covid-19. Ao longo de 2020, diversas autoridades foram ouvidas pelo colegiado e projetos debatidos e votados, mesmo durante a quarentena em São Paulo.

Em março, no início da pandemia, membros da comissão se reuniram para discutir os possíveis impactos da Covid-19 no sistema estadual de saúde, bem como iniciativas voltadas à diminuição de infecções.

Durante o encontro, os parlamentares também ouviram o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Mário Jorge Tsuchyia, que explicou a telemedicina na rede pública de saúde.

Naquele mês, o Conselho Federal de Medicina autorizaria o uso dessa modalidade de atendimento como forma de manter consultas e exames em um momento de distanciamento social em diversas regiões do país, inclusive em São Paulo.

Ainda na ocasião, os deputados também decidiram marcar um encontro com o secretário de Saúde para debater o assunto, o que aconteceu posteriormente, em ambiente virtual. Com a participação de José Henrique Germann Ferreira, titular da pasta à época, em uma reunião do colegiado, os parlamentares esclareceram dúvidas sobre a gestão da crise sanitária pela Secretaria.

Após balanço apresentado sobre o último quadrimestre de 2019, o secretário abordou a situação da pasta em 2020. Ele explicou que o planejamento estadual para o enfrentamento à Covid-19 começou no mês de janeiro, meses antes da confirmação do primeiro caso no Brasil, a partir do que acontecia na China, onde ocorreu o primeiro surto da doença.

Plano São Paulo

Durante a reunião, os participantes debateram os casos de possíveis subnotificações, a quantidade de testes disponibilizados, a distribuição de insumos para as cidades paulistas, a metodologia empregada no registro de doentes e os critérios utilizados no Plano São Paulo de retomada da economia durante a pandemia do coronavírus.

Mais recentemente, no mês de dezembro, deputados da Comissão de Saúde receberam o atual secretário de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, em reunião virtual, que, além da prestação de contas da gestão à frente da pasta, também esclareceu dúvidas acerca do início da aplicação de vacinas contra a Covid-19.

Projetos aprovados

Além de ouvir autoridades, em cumprimento ao Artigo 52-A da Constituição do Estado, durante as reuniões da Comissão de Saúde, os deputados que compõem o colegiado discutiram e votaram uma série de propostas, como a criação do Cadastro Estadual de Sangue, idealizado para incentivar a doação em São Paulo.

Também foram as aprovadas a criação da Campanha de Conscientização e Incentivo à Doação de Cabelos às pessoas que perderam os fios em decorrência da quimioterapia e a proibição da venda de seringas descartáveis para menores de 18 anos.