Alesp aprova medida que impede extinção de cargos do Detran


05/07/2018 19:05 | Projeto aprovado | Da Redação - Fotos: José Antonio Teixeira

Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Cauê Macris Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek Plenário Juscelino Kubitschek

Os deputados estaduais aprovaram na quarta-feira (4/7) um projeto de lei complementar que mantém no cargo diretores das unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O PLC 24/2018, de autoria do governo estadual, também prevê abertura de concurso público.

O deputado Ed Thomas (PSB) diz que o projeto mantém o atendimento à população. "Cidades pequenas hoje têm um braço do Detran para resolverem qualquer dificuldade no trânsito, com o seu veículo ou com a sua habilitação. Essas pessoas já trabalham, mas é um contrato que acabou se encerrando. De todo modo, o atendimento à população está mantido", explica.

A deputada Beth Sahão (PT) ressalta que o projeto não cria cargos. "Ele regulamenta uma situação absolutamente irregular que o governo já deveria ter resolvido há pelo menos cinco anos. Corremos o risco de que algumas unidades do Detran ficassem sem prestar o serviço", disse.

O concurso para o preenchimento de vagas no Detran deverá ser realizado em dois anos, de acordo com uma emenda aprovada junto com o projeto. Agora, só é necessária a sanção do governador.