Confira o bate-papo com a deputada Janaina Paschoal


21/08/2019 14:02 | Diga Deputada | Manuela Sá - Fotos: Carol Jacob

Janaina Paschoal<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-08-2019/fg238414.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Janaina Paschoal<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2019/fg237036.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Janaina Paschoal<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2019/fg237037.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Nestas próximas semanas, vamos conhecer um pouco mais sobre as expectativas dos principais personagens do legislativo estadual paulista para os próximos quatro anos: os deputados.

Depois de cinco meses de mandato, o que será que eles esperam? Em quem eles se inspiram? Quais as prioridades de cada gabinete?

A entrevista desta edição é com a deputada Janaina Paschoal.

Os últimos meses

Tem muita gente até achando graça porque eu tenho dado um diagnóstico bom da Alesp. Eu encontrei muita gente querendo fazer o bem, de vários partidos, às vezes apenas com dificuldade para saber qual o melhor caminho. E nestes últimos meses eu descobri, como professora de Direito, a importância do conhecimento jurídico no Poder Legislativo. Eu não tinha noção do quanto essa formação jurídica seria tão relevante e estou vendo uma utilidade do meu conhecimento jurídico até na hora de discutir um projeto de um colega e dizer "olha, esse teu objetivo é muito bom, mas da maneira como está escrito, talvez a gente não consiga chegar até ele, entendeu?!". Então estou muito encantada em constatar como esse conhecimento é útil. Tem gente que vem ao meu gabinete e fala: mas como assim ela está no plenário? Ela tem que atender as pessoas e etc. Eu atendo, mas dou prioridade ao plenário e a todo o processo legislativo, porque eu acho que este é o meu perfil e acho que sou mais útil participando dele.

Projetos, legado e futuro

Eu quero trabalhar muito na ideia das liberdades individuais. A mulher que decide fazer o parto que ela quer, a família junto com a escola que vai decidir se a criança progride (...) e não uma norma estatal dizendo se vai ou não vai. E o meu desejo é o de melhorar os projetos do governo para contemplar várias frentes atuando de forma ponderada.Em vários locais por onde eu passei isso foi sempre uma marca. Quando eu presidi o conselho de entorpecentes havia uma turma que era a favor da redução de danos, outra turma que achava que só prendendo resolvia, outra turma que achava que tinha que internar todo mundo. Sentei com todos eles e falei: "Vocês repararam que estão falando sozinhos? Ficam aqui repetindo o que acham que é certo, mas a gente tem que dialogar". Eu sempre desempenhei esse papel, apesar de ter ficado mais conhecida em uma situação extrema e de muita controvérsia, ideologia e paixões, com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Sou contundente na fala, mas não nos pensamentos e estou longe de ser inflexível. Eu percebi que os próprios colegas deputados estavam apavorados, porque me imaginavam como uma pessoa briguenta e agressiva, mas eu não sou. Uma pessoa que sobrevive 20 anos dentro da USP, em um ambiente que pensa completamente diferente, não pode ser inflexível.

Inspirações e referências

A maior referência é Jesus Cristo. Independente de questões ideológicas ou religiosas ele só deu bom exemplo. Ele não era brando, era firme! Mas ao mesmo tempo falava a verdade, dava bons exemplos e pregava o amor.

Desde pequena sempre gostei de Margaret Thatcher. Winston Churchill acho uma figura interessante. Outro de quem eu gosto muito e foi político por um mandato, mas também foi filósofo e é um grande pensador brasileiro: Tobias Barreto. Posso citar também Carlos Lacerda, que foi governador da Guanabara. Eu não digo que me inspiram, mas são figuras importantes. Dom Pedro II, a Princesa Isabel também foram importantes para o cenário nacional.