Informações: Departamento de Comunicações

Edmir Chedid

Biografia

Edmir Chedid é advogado, casado e pai de dois filhos.

 

Iniciou sua trajetória aos 24 anos como vereador em Serra Negra pelo antigo PFL (atual DEM) inspirado no pai, Jesus Chedid. Exerceu o cargo por dois mandatos, chegando à presidência da Câmara Municipal.

 

Eleito deputado estadual, Edmir Chedid foi líder da bancada do PFL na Assembleia Legislativa (1998-2001 e 2005-2007) e integrou a mesa diretora da Casa (primeiro como vice-presidente, entre 2001 e 2003, e depois como 2º Secretário, entre 2007 e 2009 e entre 2013 e 2015).

 

Seu trabalho na Assembleia Legislativa tem como marca a defesa do desenvolvimento dos municípios, especialmente com a liberação de mais recursos para centenas de prefeituras e entidades sociais em todo o Estado, e o fortalecimento do SUS (Sistema Único de Saúde)

.

Também ganhou destaque pelo apoio às estâncias e municípios de interesse turístico, garantindo mais verbas para obras e programas de estímulo ao setor - atuação que rendeu a ele o título de "deputado do turismo".

 

Teve papel de decisivo em algumas das mais importantes CPIs realizadas pela Assembleia, como a da Máfia dos Combustíveis, a do Detran, a da Guerra Fiscal e, mais recentemente, a que investigou irregularidades nos contratos da saúde no Estado, na condição de presidente.

 

Entre 2005 e 2006, como relator da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e do Orçamento Estadual, Edmir Chedid criou o ciclo de audiências públicas que descentralizou as discussões sobre os investimentos prioritários do governo, realizando consultas em todas as regiões do Estado. Nesses encontros, o cidadão pode opinar sobre como e onde o dinheiro dos seus impostos deve ser gasto.

 

Em 2017, foi um dos líderes do movimento que permitiu a criação do Orçamento Impositivo, mecanismo que reservou, a partir do ano seguinte, mais verbas para os municípios por meio de emendas parlamentares.

 

Edmir Chedid também foi autor de importantes leis, como a que prevê a cassação de estabelecimentos que comercializarem produtos roubados.

 

Em 2018, foi reeleito para o seu sétimo mandato consecutivo de deputado estadual com 135.991 votos, resultado que o colocou mais uma vez entre os mais votados do Estado.

 

Apontado pelo movimento Voto Consciente como um dos 10 melhores deputados estaduais de São Paulo (ficou em 6º lugar no ranking da legislatura passada).

Informações: Departamento de Comunicações