Deputados aprovam alterações para o orçamento de 2018


13/11/2018 22:20 | Projeto | Da Redação - Foto: José Antonio Teixeira

Plenário Juscelino Kubitschek<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-11-2018/fg227688.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Plenário Juscelino Kubitschek<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-11-2018/fg227689.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Plenário Juscelino Kubitschek<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-11-2018/fg227690.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Plenário Juscelino Kubitschek<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-11-2018/fg227691.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O Plenário da Alesp derrubou o veto a um projeto que altera as emendas apresentadas pelos parlamentares a serem pagas pelo estado em 2018. A votação foi realizada na terça-feira (13/11).

O líder do PSDB na Alesp, deputado Marco Vinholi, explicou algumas modificações previstas no projeto. "Muitas emendas que serão destinadas a entidades e prefeituras estavam colocadas de forma irregular. Cito os exemplos do Itesp, que terá recursos importantes para investimento em assentamentos; e do Hospital Universitário da USP, que receberá contratação de pessoal - uma demanda antiga do coletivo Butantã."

Segundo o deputado Carlos Giannazi (PSOL), uma das principais mudanças relaciona-se à emenda destinada ao Hospital Universitário da USP. "É um socorro que damos a um dos melhores hospitais do Brasil, que está sendo fechado criminosamente pela reitoria da USP. Queremos que a instituição receba recursos e continue atendendo à população."

O Projeto de Lei 367/2018, de autoria do deputado Marco Vinholi, altera a Lei 16.646/2018, que modifica o orçamento fiscal e de seguridade social, e fixa as despesas do Estado neste ano de exercício.

A proposta, que havia sido vetada pelo governador Márcio França, agora será promulgada pela Alesp.