Estado de São Paulo Transparência ALESP

Wellington Moura

Wellington Moura Veja a imagem ampliada

Partido

Base Eleitoral

PRB 

Capital 

Área de Atuação

Comunicação, Assistência Social 

Fax

Telefone

Sala/Andar

Veículo

  

3886-6096/6139 

T108/Térreo

AL 138

E-mail

Aniversário

wmoura@al.sp.gov.br 

22/01 


Comissão Cargo
Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento Vice-presidente
Comissão de Fiscalização e Controle Vice-presidente
CPI Planos de Saúde Presidente
CPI Epidemia do Crack Efetivo
CPI Pátio de Apreensão de Veículos Efetivo
CPI Maus-Tratos contra Animais Efetivo
CPI Planos de Saúde Efetivo
CPI Fosfoetanolamina Efetivo
Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania, da Participação e das Questões Sociais Efetivo
Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento Efetivo
Comissão de Fiscalização e Controle Efetivo
CPI Merenda Suplente
CPI Automedicação Suplente
CPI Detran Suplente
Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor Suplente
Comissão de Constituição, Justiça e Redação Suplente
Comissão de Saúde Suplente

Nascido em1979, em Santos, Wellington Moura sempre atuou na área social. 

Em 2004, através de seu trabalho como radialista, teve contato com familiares de presidiários e percebeu como seria importante dar uma atenção especial a eles, pois pôde ver de perto a dor e o desamparo que sentem. Assim, iniciou um trabalho social pelas rádios, que auxiliou e confortou milhares de pessoas. Atuou também nas comunidades, junto aos menos favorecidos e carentes. 

Preocupado com aqueles que não possuem um lar, formou um grupo de voluntários, que distribuía comida e roupas nas madrugadas de São Paulo para os moradores de rua, grupo com o qual continua trabalhando hoje, em todo o Estado. Cofundador do projeto Anjos da Madrugada, que atua há anos na cidade, Moura já ajudou centenas de moradores de rua com alimentação, corte de cabelo e barba, cobertores e produtos de higiene pessoal. 

Sempre ligado aos trabalhos de assistência social e tendo consciência de que, nessa área, está um dos maiores problemas de nosso país, voltou sua atenção também para os asilos e orfanatos, pois entende que as crianças e os idosos são a parte mais frágil de nossa sociedade e precisam de apoio e auxílio. 

Estando nos bastidores, sentiu, em 2014, que seria importante ter um trabalho mais ativo, que pudesse ajudar de forma mais consistente os menos favorecidos e, desse modo, decidiu concorrer ao cargo de deputado estadual, para o qual foi eleito com 83.479 votos, provenientes de pessoas que reconheceram o seu trabalho e depositaram nele a confiança de que poderá fazer ainda muito mais pela sociedade, principalmente na sua parte mais fragilizada e carente.